Peter Parker agora é odiado pela população! – Hyppers

Hyppers Alerta: O Texto abaixo contém spoilers de histórias ainda não lançadas no Brasil! Siga por sua própria curiosidade e risco.

Uma das primeiras coisas que aprendemos sobre o Homem-Aranha é que pro conta de JJJ e do Clarim Diário, ele sempre foi tido por muitos cidadãos como sendo uma ameaça. Entretanto, com o tempo isso foi mudando e ele foi ganhando um pouco mais de respeito, até o ponto que isso totalmente se inverteu: ele, como Aranha, tem mais respeito que o Peter Parker em si, que virou a persona non-grata de NY!

É sobre isso o novo arco de Dan Slott e Stuart Immonen se trata, começando pela revista “Amazing Spider-Man #789”! Para começar, vale relembrar algumas coisas: Peter Parker conseguiu colocar suas invenções no mercado e ganhou uma fortuna com isso. Ao mesmo tempo ele também passou a oficialmente bancar o Aranha para ajudar as pessoas e ganhou muita popularidade. Entretanto, durante o “Império Secreto”, a empresa estava para ser tomada por Otto Octavius e a única forma da situação não piorar foi ele literalmente fechar a empresa toda.

Agora ele não tem mais lugar para morar, sem dinheiro e também está morando de favor na casa de Bobbi Morse, a Harpia, que está tendo um romance (que eu acho meio forçado, mas va lá).

E a HQ começa com Pete numa vibe deprêzaça, dormindo no sofá, cheio das bagunças e com preguiça demais de sair de lá.

E claro que tudo o que ele consegue ver na TV são notícias o ridicularizando por ter destruído as Indústrias Parker, ou praticamente o chamando de imbecil na cara dura. Peter então vai ler o jornal e tem um recorte, ele acha que Bobbi recortou para ele não ler e se sentir mal, mas ela na verdade colocou na porta da geladeira com ímãs dando risada. Aliás, é uma cena bem bizarra já que ele abre a geladeira antes e só vê na porta quando fecha…

Enfim, é uma manchete do Clarim Diário escrito por Robbie Robertson o chamando de “Ameaça”, no maior estilo JJJ.

Enquanto isso, Norman Osborn tenta contactar Pete pois é ele quem está resolvendo os problemas do que o Peter fez quando levou as IP à falência, mas no final das contas, o Peter não quer falar com ninguém direito.

Já Peter aparece no Clarim e vai reclamar com Robertson sobre a manchete e o texto o chamando de Ameaça. Ele fica muito P da vida por Robbie não tocar em nada de bom que ele fez, mas o editor comenta que as ações de Peter custaram vários empregos para milhões de pessoas pelo mundo e que ele foi realmente muito decepcionante.

Ao sair de lá, Peter ainda dá uma moral para um escritor da editoria de tecnologia sobre as aplicações de partículas Pym em um Computador, que transformam o HD em algo super micro pequeno. Vendo como ele explicou isso de uma forma até que bem simples e didática, Robbie fica levemente impressionado…

Mas é só sair na rua que as pessoas percebem que ele é Peter e começam a falar que ele é um tipo de vilão, que arruinou vida de parentes, que muita gente perdeu seus arquivos que estavam na nuvem, que ele fechou NY em um domo e um monte de outras coisas chegando ao ponto de persegui-lo na rua!

Enquanto isso, ele acaba indo para uma festa em homenagem ao Flash Thompson que retornou depois de um período no espaço como Venom, e ele consegue escutar as conversas sobre como, DE NOVO, arruinou tudo e apesar de entenderem ele, estão bem decepcionados.

Ele volta para a casa de Bobbi e se sente a pura essência do chorume humano (todo mundo já sentiu essa sensação algum dia na vida, não), sem forças para poder sair do lugar. Bobbi o vê deprimido e fala para ele que devem ir fazer uma ronda, para animar um pouco.

No meio das ruas ele vê o vilão conhecido como Grifo (que é muito obscuro MESMO), roubando e comendo um FOOD TRUCK de Empanadas (que são aqueles pastéis hispânicos e uma das especialidades da Paola Carosella FYI). Claro que ele tenta impedir isso e vê que o público ainda está contra ele!

Entretanto, quando ele demonstra sua objetividade em não só derrotar o vilão como salvar o seu caminhãozinho de vendas, por ser a vida dele ali em jogo (seu ganha pão), o público então se comove por seu esforço!

Ele volta para casa e fica muito feliz de algo ter saído bem na vida dele, pelo menos por aquele dia. Claro que recebendo uma baita de uma moral da Harpia…

E eu tenho certas ressalvas quanto a esta nova fase do Homem-Apanha, mas acho que é muito interessante essa inversão de paradigmas que estão apresentando. Geralmente o odiado é o Aranha e não o Peter, mas agora o Spidey é celebrado e o Parker é apedrejado! É algo que nunca tivemos antes (que eu me lembre, não nessa escala), e se tem algo que esses heróis que estão sendo escritos há décadas precisam é sempre um novo foco, um olhar diferente e situações desconhecidas.

Por exemplo, antes tivemos o Peter como alguém que, pela primeira vez, tinha todo o dinheiro do mundo e que isso não era o problema. Era bem interessante ver como ele usava seus recursos e divulgava suas invenções, bem como o potencial perigo que as Indústrias Parker poderiam gerar se caíssem nas mãos erradas, como do próprio Octavius.

Eu não esperava que a repercussão fosse tão grande assim a ponto dele virar um vilão para a sociedade. Na verdade eu fui por uma linha de pensar que ele só ficaria pobre de novo e pronto, não que ele iria simplesmente ser excomungado e perseguido por pessoas como o Frankenstein.

E afinal, ele está certo de fazer o que fez. Afinal, se o Doc ock tivesse acesso às Indústrias Parker com certeza algo pior do que perdas de empregos iriam acontecer. Sem falar que ele realmente usou seus recursos para ajudar muitas pessoas e que foi algo que ninguém levou em conta. Só dá para deixar passar isso pelo fato de ninguém saber que ele é o Homem-Aranha e que ninguém mais entendia a situação como ele!

Por fim, parece que este arco vai dar em duas coisas: o Peter ficando cada vez menos como… Peter e cada vez mais como Aranha e o que isso gera: ele ficando mais longe dos amigos e sofrendo mais com as lutas por estar sempre em ação. A outra é que eu vejo que ele pode virar um jornalista da área Tec deste novo Clarim, que deve rolar mais pelo final do arco.

Este último é outra forma de reconectá-lo ao seu legado, bem como a pindaíba. Ele estaria ligado ao Clarim mas sem ter que ficar tirando fotos de si mesmo e vendendo pro JJJ difamar, o que, novamente, é uma boa ideia que mistura o clássico ao novo e que pode render boas situações no futuro!

Escritor, roteirista de quadrinhos, jornalista, cozinheiro, Jogador de Magic e RPG, dentre outras façanhas incríveis e inimagináveis!"Como estou redigindo?"