Jogador profissional vence torneio de For Honor usando bug – Hyppers

Jogador profissional vence torneio de For Honor usando bug

Devo começar dizendo que é um tanto quanto irônico uma situação como essa acontecer em For Honor, um jogo que fala sobre a honra no cambo de batalha, guerreiros nobres e coisas do tipo. Bom, a história aconteceu em um campeonato oficial promovido pela Ubisoft para celebrar o inicio da 3ª Temporada do jogo na cidade de Burbank, Califórnia.

Um dos exploits (bugs ou mecânicas quebradas) mais conhecidos de For Honor é um movimento que faz com que os ataques do personagem não possam ser aparados, o popular “parry”., essenciais para abrir a defesa do inimigo e conseguir uma janela para contra atacar. Esse erro tem até um nome, é chamado de “Unlock Tech”. Com uma personagem como “Nobushi”, que possui boa velocidade e um alcance de ataque alto graças a sua lança, fica praticamente impossível vencer. Foi usando desse artifício, o jogador Jakub “Alernakin” Palen conseguiu sem muitos problemas o título do campeonato, e uma premiação de US$10.000. Confira abaixo o vídeo com as disputas do torneio.

A Ubisoft já preparou uma atualização para corrigir esse erro, mas não conseguiu implementá-la a tempo da realização do campeonato — a atualização 1.11 deve entrar hoje, dia 15 de agosto. Mas ainda assim, fica aquela “torta de climão” por um erro tão crítico ter passado dessa maneira e a empresa não ter tomado nenhuma outra medida para coibir esse problema, como banir o personagem ou a técnica da competição. Palen chegou a declarar na entrevista após a final que faziam duas semanas que sequer relava no jogo, mostrando o quão desbalanceado esse erro torna a partida. Ou como o próprio disse: “Eu não achei que seria assim tão fácil”.

For Honor está disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC. A atualização da terceira temporada, além de corrigir esse exploit, inclui dois novos personagens, novos mapas e modos de jogo.

Formado em design de jogos, tentando ganhar a vida com esse negócio chamado videogame. Para ele Metal Gear é a melhor série já feita e ainda acredita na volta da SEGA.