DC pode estar mudando origens dos poderes meta-humanos – Hyppers

DC pode estar mudando origens dos poderes meta-humanos


Hyppers Alerta: O Texto abaixo contém spoilers de histórias ainda não lançadas no Brasil! Siga por sua própria curiosidade e risco.

Enquanto a Marvel está trabalhando na sua linha Legacy, a DC continua com “Rebirth”, com destaque as revistas especiais “Dark Days”, que são o prenúncio para a próxima saga da editora, “Dark Nights: Metal”!

A obra, que está sendo escrito por Scott Snyder e James Tynion IV, e desenhada por John Romita Jr, Jim Lee e Andy Kubert, mostra o Batman desvendando vários segredos escondidos do Universo da DC, que tem inúmeras ramificações por entre suas histórias. A HQ é bem complexa, mexendo com as histórias recentes do Batman, Do Gavião-Negro e Mulher-Gavião, Shazam, Deuses do Olimpo, Guardiões do Universo, diversos imortais e por aí vai, então não vou nem falar muito dela agora.

Mas durante a busca, o Batman descobriu algo sobre uma realidade paralela misteriosa e que ela estaria ligada um certo número de metais estranhos presentes na Terra há um bom tempo. Eles teriam ligação com vários dos personagens mencionados acima e teriam importância para o modo como o Universo DC se moldou!

Pois bem, durante a primeira parte da história, “Dark Days: The Forge”, vemos que Hal Jordan é enviado até a Batcaverna pelos Guardiões para investigar uma estranha variação de energia perigosa sendo emitida de lá. É aí que ele se depara com Duke, o novo protegido de Batman que não é exatamente um Robin, mas enfim. Lá os dois descobrem um compartimento secreto da Caverna onde Batman vem conduzindo experiências. O mais estranho desse local é que o anel do Lanterna começa a falhar!

Mas mais bizarro que isso é que vemos preso naquele lugar o Coringa!

Ultimamente a DC vem mencionando que existem três Coringas ao todo. O primeiro deles é o clássico da era de ouro, mais um criminoso espalhafatoso e circense. O segundo seria o Coringa sociopata e caótico que vemos em “A Piada Mortal”, enquanto o terceiro é a versão mais nova, que chegou a perder o rosto durante as aventuras escritas por Snyder nos últimos anos.

Em relação a este, também foi revelado uma outra coisa interessante: que ele seria um imortal! Sim, se vocês seguem mais de perto a história do Morcego, já devem saber que além de ter três Coringas, um deles seria imortal, existindo por centenas de anos antes da própria Gotham!

Pelo que se sabe, este Coringa teria se banhado em um elemento químico chamado Dionesium, que conferiu imortalidade, mas também algo semelhante ao que acontece com o Wolverine, que ele constantemente esquece da sua vida de tempos em tempos e por isso seu passado seria uma incógnita constante.

Em “Dark Days: The Casting”, o Lanterna e Duke falam com o Coringa, e ele diz que em certo momento, quando ele tentou matar a família do Batman, ele estava para morrer quando tocou em um estranho líquido metálico verde que o curou. Quando ele viu uma inscrição de um morcego nela muito mais antiga que a própria civilização.

Nisso ele comenta que precisa saber o que tudo isso significa, mas já sabe que o Batman está mexendo em algo muito tenebroso. Ele escapa da prisão para depois ser atacado pelo Lanterna e Duke em uma escavação feita por Bruce. Durante o confronto, o Coringa fala que o motivo de Bruce ter pego Duke para cuidar é que na verdade ele teria poderes sobre humanos, ou um certo “potencial” para esses poderes.

O Coringa falou que no hospital, surgiu um sinal nos exames de sangue de Duke e sua mãe, que acusava um tipo de intoxicação metálica, mas não por qualquer metal conhecido. Então, quando o exame sai e o computador não consegue identificar, ele apenas o categoriza com quatro letras: “META”, de “Meta-humano!

Se você acompanha o universo DC há algum tempo, ou até mesmo vê as séries da Warner, deve saber que o termo Meta Humano é usado para pessoas que desenvolvem superpoderes. O conceito anterior é que os meta humanos são seres que tem poderes por conta de um gene, algo parecido com os mutantes da Marvel, mas que é algo dormente.

Entretanto, parece que a história está falando que é um pouco mais do que isso. Esses metais alienígenas que existem há um bom tempo na Terra, como o Electrum, Dionesium e até o Metal Enésimo foram coisas que acabaram entrando no sistema dos seres humanos e passado por gerações. Foi isso que fez Katar Hol e Shayera passarem a reencarnar e lembrarem de sua vida passada, ou então é o que fez Vandal Savage e RA’s Al Ghul terem suas imortalidades. É o que permitiu o Flash ganhar super velocidade em um acidente com raio e elementos químicos e por aí vai.

Ou seja, não é algo só de genética em si, tem a ver com esses metais alienígenas que entram em contato com os seres humanos. Em alguns é algo mais direto, em outros é algo que fica dormente (se não todo mundo teria super poderes). E o próprio Batman posteriormente explica que eles tiveram relação com um evento no qual ele quase morreu, mas teve uma visão com diferentes versões suas morrendo justamente por ter um pouco desse metal na cabeça.

Enfim, é um terreno traiçoeiro este que a DC está se metendo. Às vezes essa nova explicação para as origens de parte dos poderes de seu Universo não é tão necessária assim e eles apenas podem estar focando em algo desnecessário. Falado isso, a história é bem intrigante e é bem escrita. Não há como negar que nos aspectos técnicos ela chama a atenção e consegue fazer o leitor se perguntar sobre o que vem a seguir (como toda história deveria fazer).

Na verdade tudo isso é uma forma de preparar terreno para “Dark Nights”, a série onde veremos as versões do Batman misturadas com outros personagens do UDC entrando em guerra contra a Liga da Justiça. Eu ainda não sei exatamente qual a ligação, mas as três edições de “Dark Days”, tem essa função. É bem possível que todos esses eventos também estejam mais profundamente ligados com a fase “Rebirth”, e serão melhor explicados durante “Doomsday Clock”, escrita por Geoff Johns e que sairá este ano!

E você, fã da DC, o que acha dessa mudança de metagene para “metal-gene”? Será que isso vai afetar mais profundamente o Universo DC para melhor ou para pior? Só nos resta continuar acompanhando e ver no que isso vai dar!

Escritor, roteirista de quadrinhos, jornalista, cozinheiro, Jogador de Magic e RPG, dentre outras façanhas incríveis e inimagináveis!"Como estou redigindo?"